Home / Destaque / Suspeito de assaltar taxista é preso no distrito de Nossa Senhora da Penha

Suspeito de assaltar taxista é preso no distrito de Nossa Senhora da Penha

De acordo com denúncias, um homem estava andando armado no distrito de Nossa Senhora da Penha. Policiais do Serviço Reservado P2/29º BPM souberam, ainda, que o suspeito estava envolvido no assalto do taxista V.A.P., 64 anos, ocorrido no domingo (13) do corrente mês.

Nesta terça-feira (22), o denunciado foi localizado pelos agentes, porém, o mesmo não estava armado. Com apoio de homens do GAT foi feita prisão do então suspeito identificado como Marcio Souza Santos, de 26 anos, que foi conduzido à Delegacia Legal de Itaperuna.

Na sede policial, foi constatado pelas investigações que Marcio realmente estava envolvido no referido assalto, inclusive, câmeras de vigilância do Terminal Rodoviário de Itaperuna captaram imagens dos dois envolvidos. Além de haver um mandado de prisão em aberto.

Marcio Souza Santos deve ser encaminhado à Casa de Custódia de Itaperuna, já seu comparsa identificado apenas como “Cigano” permanece foragido, de acordo com informações, o mesmo estaria em Campos dos Goytacazes.

Relembre o caso:

O taxista com iniciais V.A.P., 64 anos, residente no bairro Cehab, se tornou vítima de roubo, ocorrido na madrugada do último domingo (13). Como de costume, o homem estava em seu ponto de trabalho localizado no Terminal Rodoviário de Itaperuna. De acordo com o taxista, por volta das 2h, dois homens que se identificaram como “Grande e Baiano”, solicitaram uma corrida até uma fazenda localizada após o distrito de Retiro do Muriaé. O homem se prontificou levar os supostos clientes ao destino.
Após o Motel Rancho, eles solicitaram que o condutor entrasse à direita de uma estrada de chão. Em seguida, pediram para que parasse o veículo, foi anunciado assalto, inclusive, utilizaram uma camisa para tentar enforcar o taxista. Durante a ação foram feitas ameaças de morte. Em determinado momento o taxista disse que tirou a chave da ignição do veículo, correu pelo matagal, mas caiu em um buraco, foi quando os criminosos o levaram de volta ao automóvel, sendo colocado no banco de trás. Depois, um dos elementos assumiu a direção do carro.
Posteriormente, os três chegaram a cidade de Muriaé (MG). Os bandidos garantiram que levariam o veículo modelo Fiat Linea, cor cinza, ano 2010, placa KNX-3195, que seria desmanchado. O homem ouviu Baiano falar com o comparsa que iria amarrar a vítima em um poste ou cerca. Em uma estrada a caminho de Miraí (MG), pararam o Fiat. Nisso, o taxista abriu a porta e fugiu. Antes, porém, percebeu que Baiano estava com uma arma na cintura. Os elementos levaram o automóvel e R$ 200 em dinheiro.
O homem aguardou um tempo e, ao notar que os assaltantes foram embora, retornou a estrada e caminhou cerca de cinco quilômetros. No caminho o taxista parou em uma casa, chamou, mas ninguém atendeu. Depois, pulou o muro e ficou no imóvel até amanhecer. Por fim, a vítima conseguiu carona com um pastor, sendo levado até a rodoviária.

Fonte: O Diário do Noroeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*