Home / Destaque / Vestibular da Cederj oferece mais de 7,7 mil vagas para faculdades públicas à distância

Vestibular da Cederj oferece mais de 7,7 mil vagas para faculdades públicas à distância

Já estão abertas as inscrições para o Vestibular Cederj 2016/1. São 7.749 vagas para 15 cursos de graduação à distância nas instituições públicas de ensino superior do Consórcio Cederj, da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj). São elas: Cefet, Uenf, Uerj, UFF, UFRJ, UFRRJ e UniRio.
Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve fazer o Vestibular Cederj, inscrevendo-se no site, até o dia 15 de novembro. O valor da taxa é R$ 65 e no ato da inscrição será necessário escolher o polo de ensino e curso.
A prova do Vestibular acontecerá no dia 19 de dezembro. Os aprovados iniciarão a graduação no primeiro semestre letivo de 2016. Durante o curso, o aluno receberá todo o material didático, nas formas on-line e impressa.
Os candidatos terão a opção de escolher entre Bacharel em Administração (711 vagas), Administração Pública (400 vagas), Engenharia de Produção (400 vagas), Licenciaturas em Ciências Biológicas (871 vagas), Física (375 vagas), Geografia (240 vagas), História (250 vagas), Letras (300 vagas), Matemática (830 vagas), Pedagogia (1.040 vagas), Química (318 vagas) e Turismo (285 vagas). Outras opções são Tecnólogo em Gestão de Turismo (250 vagas) e Sistemas de Computação (529 vagas).
“Com a flexibilidade de estudar no regime semipresencial, mais estudantes terão a chance de se preparar para o mercado de trabalho – comentou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca.
Também são oferecidas 950 vagas para Tecnologia em Segurança Pública, destinadas somente a profissionais da ativa da Segurança Pública. Destas, 80% policiais Civis e Militares do Rio e as demais 20% a profissionais da ativa das seguintes categorias: Guardas Municipais, Agentes Penitenciários, Bombeiros, Policiais Rodoviários Federais, Policiais Federais, entre outros.
Por meio do modelo semipresencial de ensino, o aluno terá um ambiente virtual de ensino e acesso aos tutores para apoio direto ao conteúdo das matérias. Os estudantes são incentivados a participar das atividades propostas e assistidos na metodologia de Educação à Distância (EAD), com ênfase na necessidade de se adquirir autonomia na aprendizagem. As avaliações serão presenciais e ocorrerão em datas e horários pré-determinados pela instituição.
“Com a metodologia de educação à distância das universidades públicas, ampliamos de forma significativa o acesso da população à formação superior de qualidade”, afirmou o presidente da Fundação Cecierj, Carlos Alberto Bielschowsky.
Atualmente, mais de 40 mil alunos estão matriculados nos cursos de graduação à distância.

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*