Home / Destaque / Menino de 11 anos mata vizinha de 8 anos porque ela não quis mostrar filhotes de cachorro

Menino de 11 anos mata vizinha de 8 anos porque ela não quis mostrar filhotes de cachorro

Um menino de 11 anos de idade do Tennessee, nos Estados Unidos, está sendo acusado de matar a vizinha de 8 anos com uma espingarda porque ela não quis mostrar os filhotes do cachorro dela.
O menino, não identificado, estava falando com três meninas que estavam do lado de fora da janela de sua casa no sábado à noite e perguntou a uma delas se poderia ver os dois filhos de cachorros, mas a menina se recusou, segundo o gabinete do xerife de “County Sheriff GW McCoig”.
Ele, então, pegou a espingarda calibre 12 do pai e atirou no peito da menina identificada como Maykayla Dyer. Os dois estavam na quinta série da mesma escola. “É uma situação triste, triste. Esperamos que isso não acontecerá novamente”, disse o xerife Bud McCoig.
A mãe da menina disse que o garoto já tinha intimidado sua filha antes do tiroteio. O menino foi acusado de assassinato em primeiro grau. Um juiz determinou que o menino permaneça em uma instalação juvenil em Knoxville. Ele vai comparecer ao tribunal novamente em 28 de outubro, quando a justiça vai decidir se ele será julgado como criança ou adulto.

Fonte: Extra

One comment

  1. Porém o menino fugiu um mês depois da tragédia e violou o cadáver da garota de oito anos. Ele pegou ela no colo e a levou para sua casa onde fez uma série de brutalidades. Ele a derrubou no chão, deu lhe chutes, socos, pontapés e até xingamentos. Tomado pelo ódio, ele pegou o cinto do pai e desferiu 50 cintadas nas costas da menina e depois pulou em cima dela três vezes causando traumatismo no pulmão e no abdômen. Depois bateu a cabeça dela dez vezes no chão causando afundamento de crânio, em seguida a arrastou até o meio da rua e a jogou contra um carro em movimento! Ele ainda ameaçou a mãe dela pelo celular dizendo que fez isso pra deixar a menina ainda mais machucada e queria vê-la sofrendo novamente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*