Home / Geral / Bolsonaro quer um dia de jejum religioso contra coronavírus

Bolsonaro quer um dia de jejum religioso contra coronavírus

Presidente sugeriu que a população deve manter a calma: “Paz, calma e tranquilidade para quem tem fé. Tivemos outras gripes no passado vencemos, sem esse alarmismo todo”, disse ele.

Bolsonaro conversou com um grupo de pastores na porta do Palácio da Alvorada – Foto: AgR3

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 2, que quer um dia de jejum religioso contra o coronavírus.

“De acordo com decisão, evangélicos e católicos têm pedido para mim, para que a gente possa marcar um dia um jejum de todo o povo brasileiro, para a gente ficar livre desse mal o mais rápido possível”.

Bolsonaro sugeriu que a população deve manter a calma: “Paz, calma e tranquilidade para quem tem fé. Tivemos outras gripes no passado vencemos, sem esse alarmismo todo”.

Mais cedo, Bolsonaro conversou com um grupo de pastores na porta do Palácio da Alvorada. O grupo orou pelo presidente e pediu que ele convocasse a nação para um jejum, pois como chefe do Executivo ele tem “autoridade”, disseram. Em seguida, ele gravou um recado para outros grupos evangélicos e “proclamou” um dia nacional de jejum no Brasil neste domingo, 5.

Rádio Itaperuna 96.9 FM

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*