Home / Geral / Bolsonaro veta aumento para servidores e sanciona ajuda financeira a estados e municípios

Bolsonaro veta aumento para servidores e sanciona ajuda financeira a estados e municípios

Com o veto, os servidores municipais, estaduais e da União ficarão sem reajuste salarial até o fim de 2021.

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes – Marcos Correa/pr

A lei que trata da ajuda financeira a estados e municípios foi sancionada com vetos pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. A Lei Complementar nº 173, de 27 de dezembro de 2020, está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28).

O presidente vetou o trecho da lei que tratava dos salários de servidores. Com o veto, os servidores municipais, estaduais e da União ficarão sem reajuste salarial até o fim de 2021.

De acordo com o texto, a União entregará, na forma de auxílio financeiro, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios, em quatro parcelas mensais e iguais, no exercício de 2020, o valor de R$ 60 bilhões para serem aplicados, em ações de enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19).

O Congresso pode manter ou derrubar os vetos de Bolsonaro. Deputados e senadores haviam poupado diversas categorias do congelamento de salários, entre eles, professores, médicos, enfermeiros, profissionais de limpeza urbana, agentes funerários, policiais e as Forças Armadas.

Rádio Itaperuna 96.9 FM – Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*