Home / Destaque / Campos já tem quatro macacos mortos sob investigação de febre amarela

Campos já tem quatro macacos mortos sob investigação de febre amarela

     A secretaria de Saúde de Campos confirmou o aparecimento de mais três macacos mortos no distrito de Morangaba, em Campos. Os animais foram encontrados em Rio Preto e, segundo o órgão, foram encaminhados pelo Centro de Controle de Zooneses (CCZ) para o Rio de Janeiro, onde passarão por exames. Na última terça-feira, um outro primata também foi encontrado morto em Conceição do Imbé. Ainda não há a confirmação se as mortes têm ligação com febre amarela.
    Mesmo sem a confirmação, começa nesta sexta, de forma preventiva, a antecipação do bloqueio vacinal contra a febre amarela na região do Imbé. A ação acontece das 8h às 18h no posto de saúde da localidade. A nova etapa da imunização no município estava prevista para ser iniciada na próxima quarta-feira, em Dores de Macabu. No entanto, a data e o local foram alterados após o aparecimento dos macacos mortos.
    Após o Imbé, os moradores de Rio Preto serão vacinados nos dias 4 e 5 de março. No dia 6, a imunização acontece em Lagoa de Cima e Tapera. Já no dia 7, os moradores de Morangaba serão vacinados. A expectativa é de que 2.500 pessoas sejam imunizadas em todo o distrito de Morangaba.
    Em São Fidélis, a vacinação na área rural começou nesta quinta na localidade de Recreio e vai continuar nos próximos dias pelas comunidades próximas ao Parque Estadual do Desengano.
    O ex-diretor de Vigilância em Saúde de Campos, Charbell Kury, também usou as redes sociais para dizer que a situação é grave e cobrar que o município realize mais ações de prevenção.
     Nesta quinta-feira, o Ministério da Saúde anunciou que o Espírito Santo vai receber 1 milhão de doses extras da vacina contra a doença. O estado vizinho, assim como Minas Gerais, tem concentrado os casos confirmados da doença nos últimos meses.
Por Folha 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*