Home / Destaque / Rios baixam, mas alerta permanece

Rios baixam, mas alerta permanece

A 14 dias da estação mais quente do ano, as frentes frias e chuvas contínuas tem marcado presença no estado do Rio de Janeiro. Municípios do Norte e Noroeste Fluminense seguem monitorando os níveis dos rios. O coordenador da Defesa Civil, responsável por essas regiões, explica que os níveis estão sendo controlados pela chuva. Em Campos, para os próximos dias, a previsão é de pouca chuva.

Em Bom Jesus do Itabapoana, de acordo com a Defesa Civil, o nível do rio Itabapoana desceu 15cm, chegando a 1,99m. Na última quarta-feira, o rio chegou a transbordar e atingiu ruas e casas. O órgão segue em estágio de alerta.

Joelson Oliveira, coordenador regional da Defesa Civil, explica que essa oscilação nos níveis dos rios, está diretamente relacionada ao período anterior de estiagem. Sobre a emissão de alertas, ele ressalta que “a equipe de monitoramento dos rios faz uma marca e passando da metade já se considera estado de alerta ou atenção. Alerta mesmo é quando está a 20% de transbordo”.

Em Itaperuna, o rio Muriaé também obteve um nível mais baixo, um dia após a secretaria de Defesa Civil de Itaperuna emitir alerta para moradores que ocupam áreas de risco. Nesta quinta, o rio chegou à marca de 2,79m.

Já em São Francisco de Itabapoana, mesmo com baixa do rio Itabapoana de 2,14m para 1,78m, a Defesa Civil segue em alerta. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Ilzomar Soares, o órgão está acompanhando as medições do nível do rio. “Qualquer situação mais grave, a população será avisada”, afirmou.

Em Campos, o nível do rio Paraíba do Sul nesta quinta estava em 6m. Já em São João da Barra o nível do rio foi de 5,30 m.

Fonte: Folha1

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*