Home / Destaque / Atividade industrial no Noroeste apresenta queda no primeiro trimestre do ano

Atividade industrial no Noroeste apresenta queda no primeiro trimestre do ano

A indústria da região Noroeste Fluminense apontou recuo no volume de produção em março de 2019, mantendo os resultados negativos observados nos dois primeiros meses do ano, revela a Sondagem Industrial, divulgada pela Firjan.

A sondagem é um levantamento de opinião empresarial, realizado entre os dias 01 e 12 de abril. Os indicadores variam de zero a cem pontos. Os valores abaixo de 50 pontos indicam pessimismo ou redução e acima de 50 pontos representam otimismo ou aumento.

A pesquisa mostrou que volume de produção caiu (42,9 pontos). Além disso, o nível de estoques ficou estável (50,0), mas abaixo do planejado ( 46,3)

A indústria da região seguiu com baixa utilização da capacidade instalada em março (55%), com o indicador se mantendo abaixo da média histórica (58,5%).

Com a atividade industrial aquém do esperado no primeiro trimestre de 2019, a avaliação dos industriais do Noroeste fluminense sobre a situação financeira de suas empresas seguiu pessimista (40,5 pontos). As indústrias continuaram com dificuldade de acesso ao crédito (31,3 pontos) e margem de lucro insatisfatória (37,8 pontos). Contudo, na comparação com o primeiro trimestre de 2018, a avaliação quanto à situação financeira apresentou leve melhora.

Para os próximos seis meses, os industriais do Noroeste fluminense seguiram otimistas em relação a demanda por produtos industrias (55,3 pontos) e, consequentemente, compra de matérias-primas (52,0 pontos). Por sua vez, os empresários estão pessimistas quanto às exportações, revertendo as expectativas observadas no trimestre anterior.

Para contratações e, principalmente, investimentos, os empresários ainda aguardam a redução da ociosidade no processo produtivo e a recuperação efetiva da situação financeira das empresas.

Participaram da Sondagem Industrial empresas dos 13 municípios atendidos pela Firjan Noroeste Fluminense: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá e Varre-Sai.

A Sondagem Industrial que tem como objetivo identificar as situações passadas e expectativas futuras da indústria. A pesquisa é realizada mensalmente desde setembro de 2010 pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) em parceria com Confederação Nacional da Indústria (CNI). Para a análise foi usada uma margem de erro de um ponto.

Da redação da 96.9 FM com Ascom

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*